Proeminente Neurocirurgião Passa a Crer em Experiências Fora do Corpo

Experiências Fora do Corpo - Eben Alexander

Eben Alexander – Foto: Amazon.com

Eben Alexander, um proeminente neurocirurgião formado em Harvard nunca acreditou nos relatos de experiências fora do corpo de seus pacientes. Isso mudou após ter vivido uma odisseia de 7 dias fora-do-corpo que rendeu-lhe um livro que acaba de se publicado (outubro de 2012).

Aos 58 anos o Dr. Eben Alexander III foi um neurocirurgião acadêmico nos últimos 25 anos, incluindo 15 anos no Brigham & Women e Hospital para Crianças e na Harvard Medical School, em Boston. Durante sua carreira acadêmica, foi autor ou co-autor de mais de 150 capítulos e artigos em revistas especializadas e fez mais de 200 apresentações em conferências e centros médicos ao redor do mundo. Eben achava que tinha uma ideia muito boa de como o cérebro gera a mente e a consciência.

Fora isso, Eben tem um “pedigree” impressionante. Seus antepassados ​​eram políticos bem vistos e personalidade de destaque na sociedade no estado do Tennessee. Seu pai foi chefe de Neurocirurgia da Universidade Wake Forest por 30 anos, entre 1948 e 1978.

Como cientista, o Dr. Alexander desacreditava histórias de seus pacientes que volta e meia surgiam, onde relatavam viagens a reinos celestiais que teriam realizado durante situações críticas de experiências de quase morte – EQM. Essa postura mudou quando o próprio Eben teve sua própria experiência de EQM.

Nas primeiras horas da madrugada de 10 de novembro de 2008, como de costume, Eben acordou às 4h30 para ir para o Hospital Geral de Lynchburg, na Virgínia, onde trabalhava como um neurocirurgião. Subitamente ele sentiu uma forte dor nas costas e, em 15 minutos, viu-se em meio a angustiante paralisia, mal conseguindo mover-se. Sua esposa, Holley, correu para ajudá-lo e começou a esfregar as costas para aliviar a tensão, mas seu estado só piorou. Antes entrar em convulsão, suas últimas palavras para sua esposa foram “Não ligue para o 911…”. Felizmente para ele, sua esposa desconsiderou seu conselho e ele foi levado às pressas para um hospital da região onde foi diagnosticado com portador de meningite bacteriana muito rara que ataca principalmente os recém-nascidos. Seu estado de saúde ficou tão crítico que ele entrou em coma e sua atividade cerebral praticamente cessou.

Com sua família preparada para o pior, já que suas perspectivas de sobrevivência diminuiam rapidamente. Sob intenso tratamento por meio de vários tipos de poderosos antibióticos e ligado a um respirador, no sétimo dia de coma, subitamente, Eben abriu os olhos. Seu tubo de respiração foi retirado e ele milagrosamente disse aos médicos: “Obrigado…” Ele sofria de amnésia e, durante dias, não se lembrava de nada sobre sua vida. Com o passar dos dias ele se recuperou e começou a recordar não somente de sua vida como também recuperou memórias vívidas de uma experiência mágica que tivera durante o período de coma.

Seu filho mais velho o aconselhou então a escrever tudo o que podia lembrar-se sobre a sua viagem, antes de ler qualquer coisa sobre experiências de quase morte ou coisas do gênero. Seis semanas mais tarde, ele completou seu registro inicial de sua jornada notável, totalizando mais de 20.000 palavras.

Sua história oferece uma chave para a compreensão da realidade e da consciência humana e terá um efeito importante na comunidade científica, dado seu currículum, sobre a forma como vemos a alma, espiritualidade e do reino não-material. Na análise de sua experiência, incluindo as possibilidades científicas e implicações, ele prevê uma reconciliação mais completa da ciência moderna e da espiritualidade.

Embora ele estivesse inconsciente e não respondesse a estímulos durante esse período, hoje ele descreve uma “odisséia de hiper-vidas completamente coerente” que teria experimentado ao deslocar-se para um lugar, durante seu coma, cheio de borboletas e música retumbante, sendo recebido nesse local por uma mulher com lindos olhos azuis. Essa experiência abalou seu ponto de vista científico sobre a natureza da consciência humana.

Em uma declaração a revista Newsweek, Eben afirmou que “como um neurocirurgião, eu não acreditava no fenômeno de experiências de quase morte”, preferindo explicações mais científicas sobre os relatos de experiências fora do corpo descritas por aqueles que por pouco escaparam da morte. Embora ele se considerasse um cristão, ele não tinha a fé para crer na vida eterna. Quando seus pacientes contavam-lhe sobre suas experiências de quase-morte, ele tentava entender esses relatos com base em uma “compreensão médica da interação cérebro-mente” e  simplesmente os ignorava.

Contudo, depois que ele mesmo passou de médico para paciente e experimentou por si só uma EQM, isso mexeu profundamente com ele, fazendo com que mudasse seu paradigma pessoal de crenças onde ao invés de se concentrar unicamente no aspecto científico sobre o cérebro, também passou a considerar o reino espiritual da mente.

Em seu livro que acaba de ser publicado, Proof of Heaven, o Dr. Eben relata sua experiência fora-do-corpo, enquanto estava em coma. Eis alguns exertos:

“Não há explicação científica para o fato de que enquanto meu corpo estava em coma, minha mente, o meu eu consciente interior, estava vivo e bem”.

“Era um lugar de nuvens grandes rosa e branco, cheio de borboletas e criaturas angelicais que eram simplesmente diferentes de tudo que conhecemos neste planeta.”

“Elas eram formas de vida mais avançadas e elevadas.”

“Nesse local havia um som grandioso e em expansão como um canto glorioso que veio de cima para baixo proporcionando-lhe um sentimento de alegria e admiração.

“Uma bela jovem com grandes maçãs do rosto e olhos azuis profundos o acompanhou-me ao longo dessa viagem.”

Alexander admite que sua descrição pode parecer exagero, mas ele está convencido de que “não era uma fantasia, algo passageiro e sem substância.”

Depois de sua experiência notável em 2008, Alexander diz que o impacto em sua vida tem sido tanto no lado profissional quanto no espiritual. Agora, o cientista está voltado para “investigar a verdadeira natureza da consciência sabendo que somos mais, muito mais, do que os nossos cérebros físicos”.

Página do Livro na Amazon

Proof of Heaven: A Neurosurgeon’s Journey into the Afterlife (Prova do Céu: Uma Viagem neurocirurgião em vida após a morte)

Site do livro

www.lifebeyonddeath.net

Para Saber Mais:

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s