Alcance da EFC e Absorção Energética

FC21042015

Em uma EFC – Experiência Fora do Corpo, quanto mais distante do soma a consciência manifestar-se com seu psicossoma, maior será a sua absorção de energia sutil.

O resultado desse fenômeno faz-se sentir no corpo físico quando o projetor retorna ao soma. Por exemplo, em uma noite de sono com, por exemplo, duas horas de duração, ao retornar de uma EFC lúcida, o projetor poderá notar que seu está totalmente revitalizado e disposto como se ele tivesse dormido durante 8 horas. 

O mecanismo que explica o porquê disso é simples.

O espaço está repleto de energias livres, de tal forma que, quanto mais longe do soma vai o projetor, mais espaço ele tem que percorrer, e assim maior é a quantidade de energias livres com que seu holossoma interage e absorve.

Se o deslocamento for inteiramente na dimensão crostal, essas energias terão um padrão mais denso.

Mas, se parte ou todo ele se der em uma dimensão extrafísica com um padrão energético melhor, a revitalização de todos os centros energéticos do projetor será igualmente melhor.

Essa absorção é natural. Outras formas de absorver energias extrafísicas sutis com efeito revitalizador no soma seriam:

  • Estando o projetor em uma dimensão mais sutil, absorver energias ali, de forma intencional;
  • Por meio da atuação de amparadores extrafísicos de exteriorizem energia para o projetor.

Você já teve pelo menos uma EFC Lúcida? Que tal participar da Pesquisa Online sobre EFCs?

Acesse a pesquisa nesse link.

Para saber mais:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios