Confortando uma consciência durante uma Projeção Lúcida

FA23092013

No final de semana de 14-15 de setembro participei de um curso em Brasília chamado  Técnica da Ectoplasmia Interassistencial ministrado por Frederico Ganem do IIPC. O curso, foi realizado em um hotel de Brasília, DF, onde  passamos a noite. Sobre esse assunto escrevi um post em meu blog Estado Vibracional.

Por volta de 22:30 recolhi-me ao leito. Não estava motivado a fazer um trabalho intenso visando promover uma EFC lúcida pois estava relativamente cansado. Passara boa parte do dia trabalhando com as bioenergias durante a parte prática do curso de forma que fiz apenas um rápida mobilização energética dos chacras cardíaco e umbilical com objetivo de melhorar a lucidez e rememoração extrafísicas.

Sei que ocorreram inúmeros eventos extrafísicos durante a noite, mas, só guardei rememoração de um, talvez por ter impressionado mais minha memória.

Estava no quarto de um andar elevado de um prédio, provavelmente o próprio hotel onde estava repousando meu corpo físico. Ao meu lado estava uma janela com vidro transparente de onde eu podia perceber a claridade do exterior entrando. A sensação era que já amanhecera. Uma mocinha, de uns 11 ou 12 anos no máximo apareceu na minha frente conduzida por uma outra consciência, certamente por um amparador. Deixando a menina na minha frente, o amparador dirigiu-se para mim: “- Fale com ela”. Virei-me para a mocinha. Era branca, cabelos castanhos e encaracolados caindo até os ombros. Trajava-se com simplicidade:  um blusa e uma saia. Ela me disse que tinha um problema. Perguntei-lhe então que problema era esse. Após alguma exitação, ante minha insistência em saber ela disse : “- Tenho AIDS….”

Parei um momento para refletir. Fiz rápida e profunda busca em meu intimo. Disse-lhe então: “Olha…você é muito nova….existe um enorme contingente de cientistas que estão buscando a cura para essa doença…então você pode esperar, dentro da sua expectativa de vida, que surja brevemente um tratamento eficaz para essa doença…”.

Não tenho rememoração do que ocorreu em seguida. Seja como for, despertei pouco depois. Esse foi o único evento do qual me lembrei naquela noite. Porque os amparadores quiseram que eu falasse com ela? Porque eles mesmos não fizeram isso? Haveria algo em meu padrão energético que faria a menina fixar essas ideias que lhe passei quando retornasse ao corpo? Sim pois a impressão é que tratava-se de uma consciência projetada e não uma consciência que dessomara e que estivesse em condição de para-sonambulismo, crendo-se ainda portadora de um corpo físico.

Sob o ponto de vista do curso que se realizava no hotel, essa experiência tem tudo a haver, pois o objetivo do curso era promover assistência por meio de energias ectoplásmicas. As vezes a assistência é feita por meio da irradiação de energias. Outras vezes por meio do esclarecimento. Quando isso não é possível, seja por incapacidade de dar ou receber o esclarecimento, resta a tarefa da consolação (tacon), como foi esse o caso e que, por uma questão de compaixão, não podemos nos furtar.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo: O Guia do Iniciante

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Taquipensenização e EFC Lúcida

FA22092013

A maior parte das técnicas projetivas envolve o relaxamento do corpo físico como condição necessária para promover o afrouxamento das conexões energossomáticas (energias densas) que possibilitam a exteriorização do psicossoma (o corpo extrafísico).

Muitas pessoas constatam que, durante a prática de técnicas projetivas, seus próprios pensamentos, produzidos de forma rápida e ininterrupta dificultam o relaxamento do corpo.

A mente fica vagueando entre mil e um pensamentos, muitas vezes relacionados à ansiedade quanto aos resultados do experimento: Dará certo? Se der certo o que faço? Será que nunca vou conseguir? E se ficar com medo?

Esse tipo de situação caracteriza a taquipensenização. Pensene é a conjunção de pensamentos+ sentimentos+energias. Todos os seres humanos pensenizam o tempo todo. Os tipos e qualidades dos pensenes variam muito e normalmente uma pessoa

O taquipensene (taqui + pen + sen + ene) é o pensene de fluxo rápido (do grego tákhos que significa rapidez), próprio das pessoas  taquipsíquicas (pessoas que pensam rapidamente). Em geral a taquipensenização é sadia, contudo, em certos casos, podendo gerar a inquietação, precipitação e a impulsividade.

O fato de uma pessoa ser normalmente taquipsíquica não significa que isso vá necessariamente atrapalhar seu relaxamento, pois ela pode produzir outros padrões de pensenes, conforme as circunstâncias. Mas se isso acontecer, o que fazer?

Vamos ver então algumas estratégias para você vencer ou pelo menos minimizar esse problema: relaxamento inadequado devido a taquipensenização.

Estratégia 1. A melhor estratégia seria usar a vontade decidida, férrea, granítica, inquebrantável no sentido de não pensar em nada. Mas isso é muito difícil de fazer pois estamos acostumados a ficar pensando o tempo todo. As práticas de meditação foram criadas justamente para pacificar a mente, domando a produção de pensenes.

Estratégia 2. Para quem não prática meditação, uma estratégia para conseguir ficar sem pensar por algum tempo é treinar. Treine ficar períodos de 30 segundos sem pensar em nada. Depois de repetir algumas vezes, vá aumentando o tempo para 1 minuto, 2 minutos e assim por diante. Assim, durante o experimento projetivo, será mais fácil não pensar em nada e relaxar mais durante uns poucos minutos necessários para produzir-se a exteriorização do psicossoma.

Estratégia 3. Ao invés de parar de pensar, pense em uma única coisa e focar a vontade nisso. Por exemplo, imaginar uma situação onde você está vendo a imagem estática de que está saindo fora do corpo com o psicossoma, estando o corpo deitado na cama e o cordão de prata se distendendo. Uma variação possível, pensar em 4 imagens diferentes, de forma alternada e seguida, todas relacionadas a EFC.

Estratégia 4. Em complemento as outras estratégias , pode-se praticar exercício físicos nas horas anteriores ao experimento projetivo. Isso vai fazer bem ao corpo e reduzir o estresse.

Estratégia 5. Outra possibilidade é dar trabalho a mente, fazendo a circulação fechada de energias, aquela que conduz ao EV, até o sono (ou a EFC) chegar. Várias outras mobilizações podem ser empregadas em seu lugar. Nesse caso, deve-se pensar apenas e mobilizar as energias e em mais nada. O relaxamento tende a se tornar entorpecimento e a exteriorização vem em seguida.

Estratégia 6. Outra possibilidade, caso a pessoa realmente não consiga aplicar as estratégias anteriores com sucesso é ficar pensando em questões relacionadas as dimensões superiores: comunidades extrafísicas, amparadores, projeções a outros planetas, etc.

Concluindo, é preciso fazer uma autopesquisa, testar várias estratégias e ver como você reage. Quando mais sistemática for essa autopesquisa, com registros dos experimentos e resultados, mais efetiva ela será. As dificuldades em torno do controle dos pensamentos deve ser preferencialmente encarada como mais um autodesafio a ser superado.

Para Saber Mais

Enciclopédia da Conscienciologia – Verbete Taquipensene

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo: O Guia do Iniciante

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

 

 

 

Ir a Marte

Fotografia as Superfície de Marte - Sonda Spirit - 2007 - Crédito: NASA

Fotografia da superfície de Marte – Sonda Spirit – 2007 – Crédito: NASA

Imagine que você leitor, ganhasse um bilhete para ir a Marte, imediatamente, amanhã, digamos, no Mars-one, naquele Big Brother que estão imaginando na Holanda para levar pessoas esse planeta.

Se durante a viagem você tivesse tempo para ler algo sobre como sobreviver na superfície do planeta vermelho, certamente estaria em situação melhor do que outro passageiro que nem isso fizesse, que deixasse os manuais de lado para ver, na “Hora H, o que fazer.

Como se locomover? A gravidade terá o mesmo efeito sobre o corpo? Como respirar? Pode-se ficar sem traje espacial pressurizado na superfície? Como proteger-se do sol? Preciso preocupar-me em usar proteção para os olhos ou tem algo mais sério além disso, as tais tempestades solares? Existe água para se beber ao alcance? Como obter alimentos? A temperatura é muito diferente? A duração dos dias e noites é parecida? Micrometeoritos são uma ameaça? Existe vida nativa no planeta? Pode ser prejudicial a nós? Os processos de sono, a absorção de energias extrafísicas ocorrerá do mesmo jeito que na Terra? Como isso tudo nos afetará?

Ter EFCs – Experiências Fora do Corpo – assemelha-se ter que ir, subitamente ao planeta Marte. Podemos nos preparar lendo tudo o que existir sobre o assunto, assistindo vídeos e até fazendo simulações. Mas, somente quando chegarmos lá é que vamos comprovar o quanto os livros, videos e simulações estavam corretos ou não. Podemos nos deparar com um “sem número” de situações que ninguém pensou em descrever antes.

Diante de situações novas, inusitadas, estranhas, urge não darmos vazão ao temor, ao desequilíbrio da mente e da lucidez. Precisamos pensar com calma qual a solução para as situações com que nos deparamos, ou, as vezes, pelo contrário, nem pensar, mas agir com rapidez, de forma direta e decisiva.  Essas posturas, a análise sistemática de problemas ou a decisão rápida, serão necessárias para que os pioneiros sobrevivam em Marte e também são necessárias para os projetores não sofram desnecessariamente com certos eventos extrafísicos.

Exemplificando. Digamos que encontremos consciências doentias fora do corpo que nos confrontem. Podemos manter a calma, analisar a situação e confrontá-las ou decidir retornar ao soma imediatamente no melhor estilo “saída estratégica”.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo: O Guia do Iniciante

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

 

Novo e-Book sobre ECFs para Download

FA07092013

Experiências Fora do Corpo – O Guia do Iniciante tem por objetivo prestar os esclarecimentos iniciais, básicos, sobre o fenômeno das EFCs para pessoas que nada, ou praticamente nada sabem sobre esse assunto.

Esse objetivo será atingido por meio de três características do e-Book:

  • Linguagem clara;
  • Sucinto – as 18 páginas podem ser lidas em apenas 20 minutos;
  • Dupla abordagem – textual (11 páginas) e visual (7 infográficos) para facilitar o entendimento dos inúmeros aspectos do assunto.

A quem se destina esse e-Book?

Ora, muitas pessoas que ouviram falar em Experiências Fora do Corpo acabam chegando a esse site, ou algum dos outros que mantenho na Internet, buscando esclarecimentos para seus primeiros questionamentos sobre esse assunto, geralmente bem simples: todas as pessoas tem EFCs? Existem riscos? Quais são os benefícios?

Outras vezes, nos mesmos queremos dar ou enviar pela Internet alguma coisa simples, introdutória para alguém com quem conversamos sobre experiências fora do corpo: um amigo, um parente, um colega de trabalho ou com alguém com que temos apenas contato virtual pela Internet.

Agora, não preciso mais (assim como você, se desejar) procurar por textos ou sites que possam orientar essas pessoas em seus primeiros passos nessa área do conhecimento. Simplesmente lhe envio esse e-Book.

Com a criação desse e-Book, completo meu conjunto de obras básicas sobre EFCs, formado pelo livro Experiências Fora do Corpo – Fundamentos e pelo e-Book Experiências Fora do Corpo – Perguntas & Respostas (download gratuito).

Clique aqui para fazer o download desse novo ebook.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo: O Guia do Iniciante

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos