Mobilização de Energia e Projeções Conscientes

Transformation ins Licht

Respondi recentemente aos questionamentos de um homem relacionados a mobilização de energias e projeção consciente.

Há muitos anos ele vem praticando a mobilização de suas energias conscienciais por meio de meditação e da prática do EV – Estado Vibracional.

Recentemente, vem tentando produzir projeções conscientes. Para isso mobiliza as energias e faz EV antes de dormir, mas, apesar disso, as projeções não acontecem.

Como lhe expliquei, isso ocorre porque, as projeções lúcidas requerem a convergência de uma série de fatores para que possam acontecer.

Sair fora do corpo de forma inconsciente ou semiconsciente é algo que todo mundo faz. O que falta é lucidez. Para possibilitar o aumento da lucidez é necessário sutilizar suas energias conscienciais. Isso pode ser feito por meio de um intenso trabalho de mobilização e exteriorização de energias. A intensa exteriorização reduz, temporariamente, a quantidade de energia densa presente no energossoma e psicossoma (corpos extrafísicos) o que, por sua vez, faculta o aumento da lucidez extrafísica e, portanto, a produção de uma projeção consciente.

Um problema que o projetor terá que lidar é: para onde ele vai exteriorizar essa energia? Fazer isso de forma descuidada, expelir a energia sem qualquer alvo ou aplicação e repetir esse procedimento noite após noite pode acabar gerando assédio extrafísico, pois não vai demorar muito para consciências extrafísicas energívoras perceberem que tem alguém jogando fora grande quantidade de ECs diariamente, sempre no mesmo horário.

A prática da Tenepes – Tarefa Energética Pessoal – a noite, antes de dormir, seria a forma ideal de fazer essa exteriorização. Além de assistir outras consciências, de quebra, a pessoa está de predispondo a ter uma projeção lúcida.

Como você leitor talvez tenha lido ou ouvido falar, fazer EV antes de dormir, pode levar a pessoa a ter uma projeção lúcida. Como fica isso então?

Posso afirmar por experiência pessoal que funciona mais ou menos assim: você instala um bom EV antes de dormir, já deitado em seu leito, noite após noite e, ocasionalmente, projeções lucidas ocorrerão. Mas a taxa de sucesso é muito baixa, digamos, 1 vez por mês.

Dá para melhorar essa taxa? Sim é possível. Pode-se empregar mais técnicas projeticas concomitantemente a instalação do EV. Outra forma, mas “dura” é instalar o EV e mantê-lo pelo maior tempo possível ou simplesmente ficar circulando as energias dos pés a cabeça/da cabeça aos pés por uma hora ou mais, com a provável instalação de vários EVs nesse meio tempo. Com isso, aumenta-se bastante as chances de produção da projeção lúcida. Ocorre, porém, que as projeções nesse caso tendem a ter baixo nível de lucidez pois o projetor vai carregar consigo muita energia densa que não foi liberada. Chama-se isso de projeção lastreada.

Naturalmente, como cada pessoa tem suas próprias peculiaridades, resultados diferentes desses podem acontecer. A pessoa interessada tem que se autopesquisar e ver como sua lucidez extrafísica responde aos diversos procedimentos de mobilização energética.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo: O Guia do Iniciante

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

 

 

Projeção de 1 de Janeiro

Road 2014

Diário Holossomático, 1 de Janeiro de 2014.

Cheguei em casa com minha esposa vido da casa de amigos onde celebramos a passagem de ano. Deitei-me para dormir por volta de 2 horas da manhã.

Tive inúmeras projeções semiconscientes de longa duração ao logo da noite, onde me via participando de histórias que envolviam muitas pessoas em enredos que poderia classificar como ficção científica. Recordei-e de duas passagens em especial. Na primeira estava com um grupo de pessoas num local exótico que parecia ser gigantesco jardim retangular dentro de enorme um enorme prédio. As pessoas ouviam o que uma moça nova lhes falava. Ela era branca, cabelos lisos e pretos, talvez presos atrás da cabeça, trajando vestido banco e curto.

Na segunda passagem que recordei lembro de estar diante de um homem, completamente calvo, idoso, com uma roupa que parecia ser um uniforme azul bem claro, abaixando-se, colocando a mão espalmada no chão calçado com pequenos ladrilhos retangulares como que para apoiar-se. Quando sua mão tocou o chão houve uma transição dimensional, uma  mudança dele para outra dimensão/realidade. Todo o cenário em que ele estava envolvido se desvaneceu e inteiramente distinto surgiu ao seu redor.

Despertei e passei a rememorar os eventos da noite. Levantei-me pouco depois das 8 horas da manhã para fazer um trabalho relacionado a mobilização energética.

Findo o trabalho energético, por volta da 9:00 horas, constatei que todos em casa ainda dormiam. Retornei para o quarto que estava na penumbra devido as cortinas e silencioso. Não havia ruído vindo de fora. Parece que toda a vizinhança dormia. Resolvi deitar-me novamente. Adormeci. Tive novas projeções semiconscientes. Numa delas estava num local aberto quando percebi a presença de pequeno grupo de pessoas, homens e mulheres, na frente de uma construção. A medida que aproximei-me deles, conscientizei-me que estava projetado. Fiquei animado com essa nova experiência. Deslizei lentamente no ar até ficar frente a frente com essas consciências. Perguntei quem eram. Embora não tenham respondido, percebi que eram consciências ligadas a Conscienciologia. A lucidez reduziu um pouco. Focalizei minha atenção em uma dessas pessoas. Era uma moça nova, aparentando vinte e poucos anos, magra, cabelos pretos lisos e curtos. Trajava um vestido claro, simples. Não me lembro o que conversamos exatamente, se é que o fizemos com palavras. Lembro apenas que ela era ligada a Conscienciologia e que fiquei curioso se ela era uma consciência intrafísica projetada como eu ou se era uma consciência extrafísica. Despertei pouco depois na mesma posição que adormecera.

Notas:

É evidente que a projeção consciente ocorreu como efeito da mobilização de energias que liberou-me de energias densas que reduzem a lucidez quando me projeto.

Seria a moça que vi nessa projeção consciente a mesma que vi na projeção semiconsciente anterior? Vou assumir que sim e, portanto, enquanto não souber exatamente quem é, dar-lhe-ei um “nome” ou “alcunha” para poder mais facilmente identifica-la dentro da paraelencologia projetiva.

Como de praxe, a projeção consciente em si foi muita rápida.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo: O Guia do Iniciante

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos