Dissolvendo uma Forma Pensamento

Experiência Fora do Corpo

Diário Holossomático – 8 de novembro de 2012 *

Dormi relativamente cedo. Por volta de 1:30 acordei e não consegui mais dormir. Fiquei na cama por algum tempo e acabei levantando-me. Fiz algumas coisas no computador e fui para a cozinha onde resolvi tomar um chá de camomila para acalmar minha ansiedade.

Às 3:00 da manhã voltei a para a cama. Minha esposa, que acordara brevemente, havia ligado o ar condicionado ajustando-o para 18 graus. Após algum tempo adormeci e comecei a sonhar.

Às 6:00 da manhã despertei e, de imediato, não lembrei nada. Fiquei vasculhando a mente em busca de algo que pudesse ter ocorrido. Alguns minutos depois, finalmente, rememorei espontaneamente uma projeção.

No meio de um dos inúmeros sonhos que tive nesse segundo período de sono, eu estava no quarto de uma residência, de pé, ao lado de uma cama quando algo chamou-me a atenção. Em um ponto desse quarto, no chão, havia um boneco com uns 30 cm de altura encostado em uma parede.

Instintivamente, deslizei volitando para o ponto em que ele estava, abaixando e me posicionando na sua frente. Nesse instante, conscientizei-me que estava projetado, fora do corpo físico. Apesar disso minha lucidez não estava lá essas coisas (L4)**. Comecei a observar atentamente o boneco a minha frente. Era como se ele tivesse vida, como se fosse um autômato. Seu corpo era feito de um material branco, como parafina. A cabeça era arredondada e ele exibia olhos circulares e exibia um largo sorriso estático. Vestia umas roupas, como se fosse um boneco imitando gente. Não senti um padrão negativo de energia acompanhando-o, pelo contrário. À medida que o observava-o com mais e mais atenção, ele  começou a dissolver-se. Concentrei mais a atenção nele e seu corpo começou a desvanecer-se até restar apenas a cabeça.

Tudo indica, portanto, que ele nada mais era do que uma forma pensamento ou, em outras palavras, um morfopensene, plasmado por uma consciência extrafísica, por um projetor ou até mesmo por uma consciência intrafísica que habitasse aquele local, supondo que eu estivesse em um distrito intrafísico***.

Com a dissolução do boneco, minha atenção mudou para outro ponto. Ergui-me e passei a prestar atenção nas sensações que chegavam a mim naquele momento. Sabia que se pensasse no corpo, despertaria de imediato. A situação, contudo, estava estável. Não havia sinal de retorno iminente. Aconteceram então vários outros eventos por mais algum tempo, mas, por mais que tenta-se não consegui rememorar o que ocorreu em seguida.

Durante a tarde desse dia, num momento em que pensei em fazer um EV – Estado Vibracional, subitamente, lembrei-me que, durante a projeção dessa madrugada, em dado momento, assim que deixei o boneco de lado, tentei por alguns momentos promover um EV extrafísico, circulando as ECs – Energias Conscienciais – da paracabeça aos parapés e vice-versa, mas, rapidamente desisti disso e fui fazer outra coisa.****

Notas

Não costumo relatar todas as minhas experiências projetivas. Quando o faço, escolho as que são mais ricas em termos de fenômenos, como essa, para que possam trazer algum esclarecimento para os leitores.

Em seu total, essa projeção foi relativamente longa, contudo, como é comum, projeções de longa duração muitas vezes não são rememoradas integralmente. Parece que o cérebro físico perde pedaços dos acontecimentos. Somente alguns são transpostos para ele e, assim, podem ser rememorados quando o projetor desperta.

Já tive várias projeções com formas pensamento. A maioria delas é efêmera. Contudo existem outras bem mais permanentes, propositadamente engendradas, ao contrário das primeiras, geradas involuntariamente a medida que as consciências pensenizam (pensenizar é produzir pensamentos, sentimentos e energias de forma conjunta).

Diário Holossomático é como chamo meu diário que combina registros de eventos intrafísicos e extrafísicos.

** L4 Equivale a 40% de lucidez extrafísica.

*** Seria possível que, no início dessa projeção, eu estivesse em minha própria residência e não percebesse isso devido ao baixo nível de lucidez e a profusão de formas pensamento no local? Nesse caso, quem teria plasmado o boneco?

**** Esse tipo de rememoração é chamada de retardada. Já tive outras rememorações desse tipo, horas depois de ter despertado.

Para Saber Mais:

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s