Indução Mnemônica de Sonhos Lucidos (MILD)

O sonho lúcido é aquilo o que chamamos de projeção semiconsciente e pode ocorrer com a consciência fora da corpo ou não. O sonho lúcido pode conduzir o projetor, efetivamente, a uma projeção consciente.

A Indução Mnemônica de Sonhos Lucidos ou MILD (Mnemonic Induction of Lucid Dreams) é uma técnica para indução de sonhos lúcidos desenvolvida por Stephen LaBerge, famoso pesquisador nessa área, tendo sido descrita inicialmente em seu livro  Exploring the World of Lucid Dreaming publicado em 1991.

Esta técnica tem demonstrado ser bastante eficaz segundo o relato de muitas pessoas que tem obtido sucesso em produzir sonhos lúcidos.

A Técnica

1. Quando chegar a hora de dormir, deite-se e acomodo-se de uma forma confortável.

2. Procure relaxar e pacificar sua mente, eliminando toda ansiedade.

3. Antes de adormecer, mentalmente, repita para si mesmo o seguinte comando:

“Vou acordar depois de cada período de sonho e me lembrarei de tudo o que aconteceu durante meu sonho”

4. Durante a noite, a cada vez que você acordar, procure rememorar tudo o que você sonhou. Anote qualquer lembrança que tenha, por mínima que seja, assim como como você se sentiu quando acordou.

5. Após fazer suas anotações, acomode-se novamente para voltar a dormir. Antes, contudo, imagine que você vai retornar o sonho que você acabou de ter e que, dessa vez,  no entanto, imagine que vou viu no sonho um sinal, um indicador de que aquilo era um sonho e que você reconheceu sua condição de estar sonhando ao ver esse sinal. Deixe o sono se instalar pensando no sonho que você acabou de ter e no sinal que você vai buscar para ativar sua lucidez.

6. Repita os passos 4 e 5 de cada vez que você acordar durante a noite.

Segundo LaBerge “O conjunto mental envolvido nesta prática é muito parecido com um que nós adotamos quando decidimos que queremos acordar em uma hora certa. A capacidade para atribuir um despertador interno para acordar de nossos sonhos pode ser muito facilmente utilizada para acordar durante nossos sonhos”.

Observações

* Deixe papel e lápis/caneta ao lado de sua cama e tenha uma fonte de luz de fácil acesso, de forma que você possa registrar seus sonhos sem ter que levantar-se da cama. Opcionalmente, use um gravador.

** Ao invés de escrever o sonho que teve, você pode apenas rememorá-lo para registrá-lo adequadamente n cérebro físico. Não é tão eficiente quanto o registro escrito, mas tem a vantagem de não criar maiores inconvenientes para seu retorno ao sono.

*** Para facilitar a ocorrência do sonho lúcido você pode tentar dormir na posição de decúbito dorsal (de barriga para cima).

**** O registro dos sentimentos e emoções após o despertar ajuda a identificar possíveis ocorrências de EFCs não rememoradas.

***** Repita a técnicas por pelo menos 10 dias seguidos para aumentar as probabilidades de sucesso.

***** * Essa técnica comporta algumas variações nos procedimentos. Recomendo que você tente fazê-la como descrito, mas, sinta-se a vontade para fazer as modificações que achar convenientes.

Para saber mais – Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios

8 comentários sobre “Indução Mnemônica de Sonhos Lucidos (MILD)

  1. Boa tarde. Recebi seu link no meu email enfatizando SL. Não entendi a “mistura”, SL com projeções (viagens astrais), principalmente a referencia sobre Laberg, o qual “não acredita em saidas fora-do-corpo”. Estudei e fiz varios cursos no IIPC, porém hoje estou cada vez mais convicto dos SLs, do que PCs.

    Abraços, parabéns pelo Blog

    Benejeol

    Benejeol@yahoo.com.br

    • Olá Jesus.

      Seus questionamentos são totalmente pertinentes. Peço que você espere até quinta-feira, quando responderei suas dúvidas por meio de um novo post que criei, mas que ainda preciso revisar, baseado em seus questionamentos.

      Um abraço

      Cesar Machado

  2. Olá, Cesar
    Você diz nesse post que as emoções após o despertar podem ajudar a identificar uma possível EFC não rememorada. Nesse caso você diz isso sobre quando acordamos sem lembrança de nenhum sonho e temos uma emoção latente ou mesmo no caso de termos tido um sonho normal e algo nele tenha provocado uma emoção.
    Pergunto isso, pois pela psicologia e mesmo em algumas vertentes espíritas, sonhos são tidos como uma forma de comunicação do inconsciente com o consciente, uma forma de nos avisarmos das coisas que temos dentro de nós e inclusive mostrar qual é o nosso foco vibracional naquele momento.
    Por exemplo, se eu durante o dia eu tenho contato com coisas que fazem eu focar uma certa emoção, seja ela boa ou ruim, e durante o sonho eu vejo algo que me faça ter mais daquela emoção, não seria o meu inconsciente me mostrando que estou focando naquilo? Como poderia diferenciar essas duas coisas?

    Abraços e obrigado pela atenção.

    • Ola Diego

      Vejamos então. Você desperta pela manhã e sente um bem estar, tranquilidade, renovado, tanto física como intimamente, cheio de disposição. Esse estado difere daquele que você se encontrava antes de dormir. O período de sono pode ter sido inclusive curto, de poucas horas. Um psicólogo ou um neurologista atribuiria esse estado ao refazimento natural do corpo devido ao sono e a liberação de certos neurotransmissões que provocariam essa sensação. Pode ser que seja assim mesmo. Mas, ainda assim, qual seria a causa desse refazimento e dessa liberação de neurotransmissores? Porque não acontece todos os dias ou com mais frequência? Por detrás disso pode estar uma projeção lúcida não rememorada onde a pessoa teve vivências recompensadoras e/ou captou muita energia extrafísica (quanto mais distante do corpo maior é a captação dessa energia).
      Noutro exemplo, você pode acordar com um sentimento de que algo diferente aconteceu durante a noite, como uma “pulga atrás da orelha”, mas você não tem rememoração para explicar a causa. Ao longo do dia, ou pouco tempo depois, ocorrem acontecimentos em sua vida que causam-lhe transtorno, preocupações, etc. Pode ser que você tenha, portanto, captado esses acontecimentos no extrafísico, antecipadamente. E assim se sucede com uma série de estados diferentes que podemos apresentar ao despertar. Então temos sempre que nos questionar em que estado despertamos para tentar identificar algo. Mesmo quando tempos rememoração, seja de sonho, projeção, etc, avaliar o estado emocional e os sentimento ajudam a entender o sentido, a mensagem daquilo o que experimentamos.
      De fato, conforme a psicologia demonstrou a algum tempo, o inconsciente manifesta-se durante o sono, durante os sonhos. Mas esse inconsciente somos nós mesmos, atuando num outro nível de lúcidez, mais instintiva. E quando nos manifestamos assim, percebemos a realidade e mesmo nossas próprias manifestações, os nossos desejos, de forma simbólica. No nível inconsciente, não falamos/pensamos em português, mas em “simbolês” e pouco nos lixamos para o que pensamos ou sentimos. Não existem muitas amarras sociais, éticas ou morais, para nos soltarmos. Da mesma forma simbólica, traduzimos impressões que temos acerca do ambiente ao nosso redor e ao que ocorre conosco.
      Concluindo, quanto a sua pergunta “se eu durante o dia eu tenho contato com coisas que fazem eu focar uma certa emoção, seja ela boa ou ruim, e durante o sonho eu vejo algo que me faça ter mais daquela emoção, não seria o meu inconsciente me mostrando que estou focando naquilo?” A resposta é sim. Contudo, cabe questionar: aonde você estava quando sonhava? Dentro ou fora do corpo? Saber isso pode fazer diferença ou não. O mais importante é analisarmos a mensagem e tentar entender os “porquês” das vivências que tivemos.
      Se ainda tiver alguma dúvida, basta escrever.

      Abraço

      Cesar Machado

      • Realmente muito interessante sua resposta, Cesar. Gostei da forma como você tratou o tema. Gostaria de aproveitar o assunto e levantar outra questão envolvendo este mesmo tema.
        Em outro post, em que mencionas uma experiência com a técnica LaBerge, você disse que acabou ficando com os braços enrolados na cortina por causa do efeito de formas-pensamento.
        Levantando a questão que eu havia feito antes, não seria possível, no caso de a pessoa estar projetada, gerar algum objeto que não exista durante a EFC?
        Por exemplo, suponha que estou de aniversário e acabo por pensar bastante em ganhar um presente-surpresa. Então a noite eu me projeto e ao visitar alguém, pode ser mãe ou esposa, eu acabo por ver um presente. Porém ela nunca comprou um presente. Ao acordar teria a lembrança do presente, mas na verdade ele não existe. No caso seria algo criado na mente devido ao fato de eu estar focado naquilo.
        Seria isso possível?

        Muito obrigado por sua atenção.

        Abraço

      • Olá Diego

        Claro que sim. Isso é assim mesmo. Essas formas pensamento são plasmadas por nós mesmos, consciente ou inconscientemente, ou por outras consciências, intrafísicas ou extra físicas.

        Essa noite mesmo, tive uma projeção onde havia uma forma-pensamento de um boneco no chão de meu quarto. Ao tocar nele, começou a desfazer-se. Talvez eu relate essa experiência no meu próximo post.

        Abraço

        Cesar Machado

  3. Olá Cesar .
    Eu tenho um amor enorme sobre Projeções/ viagens astrais .
    Gosto de pesquisar tecnicas sobre a mesma , para poder conseguir com louvor minha viagem astral , mas tenho ”impressão” que consigo sempre porém nao com muito exito , pois acabo me enrolando e acordando , tenho consciencia q estou dormindo e sempre estou procurando algo , até tudo ficar escuro de repente .
    Cada vez que estou no preparo sinto minha respiração quase parar e meu coração se agita um pouco , porém depois de um tempo adormeço ..
    Queria exito na minha projeção astral mas sempre acaba ficando tudo escuro .

    Se puder entrar em contato para poder me ajudar ou dar dicas , qualquer coisa .é muito importante pra mim , quero poder descobrir algo dentro de mim , as vezes sinto que estou presa em algum lugar do meu subconsciente (pode parecer bobagem mas não é ) obg pelo tempo .
    Abraços

    este é meu fb : https://www.facebook.com/francieli.morais.5264

    • Olá Francielli

      Vejamos algumas medidas que vão te ajudar.

      Recomendo a criação de um diário projetivo. Nele você vai registrar diariamente suas tentativas e resultados, quaisquer que sejam, das suas experiências. Registre tudo o que ocorrer a noite: sonhos, projeções semiconscientes, projeções, etc. Isso vai criar um círculo virtuoso: registro – mais atenção – mais rememoração – registro

      Antes de realizar seu experimento, faça um trabalho energético, seja lá qual for: instalar o EV, trabalhar as energias de um determinado chacra…. qualquer trabalho energético vai melhorar seu desempenho.

      Busque ler sobre o assunto “Otimização da Projeção Consciente”. Vou de dar umas dicas:

      -Remova quaisquer fontes de ruído do seu local de dormir
      -Não assista TV pelo menos uma hora antes de dormir
      -Ao invés disso, leia um texto/livro sobre EFCs
      -Durma em decúbito dorsal com braços e pernas estendidos
      -Faça um EV antes de dormir
      -Estabeleça um alvo mental antes de dormir
      -Não fique ansiosa com o “querer se projeta”
      -Aplique uma técnica projetiva, dia após dia, durante 10, 20 ou 30 dias seguidos.

      Existem mais coisas que você pode observar para otimizar, por isso sugiro a leitura de textos sobre isso.

      Quanto a “tudo fica escuro”, não sei se você se referia a situações assim, literalmente, ou se foi força de expressão. Se for literalmente, a escuridão ocorre devido a bloqueios na paravisão. Deve nesse caso trabalhar energeticamente para desobstruir a paravisão. Me diga se é esse o caso.

      Vou te enviar mais um procedimento via e-mail para você realizar.

      Abraço

      Cesar Machado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s