Como Desenvolver o Mentalsoma

FA01120213

Como desenvolver o mentalsoma (ou corpo mental) ? Vou tentar responder a essa questão de forma completa.

Em primeiro lugar, é preciso contextualizar o mentalsoma.

Nós, consciências, possuímos vários corpos ou “veículos de manifestação”. Uma consciência intrafísica como eu ou você leitor, possui uma estrutura, um conjunto de quatro corpos inter-relacionados e que, na maior parte do tempo ficam interpenetrados. É o holossoma (holo = todo).

Holossoma (o conjunto de todos os corpos):

    • Soma = Corpo físico
    • Energossoma = Corpo energético
    • Psicossoma = Corpo Extrafísico
    • Mentalsoma = Corpo Mental

O soma é nosso velho conhecido. O psicossoma é o corpo de usamos quando passamos por uma EFC (Experiência Fora do Corpo) ou projeção da consciência. O Energossoma é uma “cola” energética, um campo quântico que une o Soma ao Piscossoma. O mentalsoma é o veículo mais desenvolvido dos quatro. Não tem forma, não sabemos do que é feito, sem se existem outros corpos mais sutis e mais evoluídos do que ele. A consciência não é o Mentalsoma mas faz uso dele.

Consciências extrafísicas não possuem o soma e podem ou não ter o energossoma, dependendo do tanto que se libertaram das amarras energéticas densas, típicas da dimensão intrafísica.

Todos esses veículos precisam ser desenvolvidos ao longo do processo evolutivo da consciência. É um processo lento e que consome centenas ou milhares de vidas intrafísicas. Por meio da paragenética, as características desenvolvidas vão sendo repassadas de uma existência para outra. Os novos corpos físicos podem, conforme as leis da genética e da paragenética, facilitar ou dificultar esse repasse. Somos herdeiros de nós mesmos.

A primeira vista, o primeiro veículo a ser desenvolvido é o soma. Depois vem o energossoma, o psicossoma e por fim o mentalsoma. Mas, nem sempre é o que acontece. O desenvolvimento desses corpos pode se dar de forma descompassada. De todos os corpos, o mentalsoma é o último e o mais difícil de ser desenvolvido, pelo menos em nosso mundo. Em outros planetas a realidade intrafísica pode ser diferente.

Desenvolvimento do Soma

O soma vai se desenvolvendo a medida que se torna mais apto para adaptar-se as inúmeras condições ambientais e na medida que permite a consciência manifestar-se na plenitude de suas potencialidades.

Desenvolvimento do Energossoma

O Energossoma vai se desenvolvendo conforme a consciência consegue expandi-lo e atuar em de inúmeras maneiras em obediência a vontade da consciência.

Desenvolvimento do Psicossoma

O Psicossoma vai se desenvolvendo a medida que a consciência consegue controlar suas emoções, impedindo-as de desequilíbrios ou arroubos emocionais levem-na a cometer atos não cosmoéticos.

Desenvolvimento do Mentalsoma

O mentalsoma vai se desenvolvendo conforma a consciência desenvolve sua capacidade de cognição. Isso implica em desenvolver tanto a capacidade de discernir sobre o universo que a rodeia, em seus inúmeros aspectos, quanto a capacidade de discernir sobre si própria, sobre os inúmeros aspectos de suas manifestações.

Acelerando o desenvolvimento do Mentalsoma

Por ser o veículo mais evoluído da consciência, o que lhe permite enxergar ou mesmo ir mais longe no processo evolutivo, é interessante investir na aceleração no desenvolvimento do mentalsoma.

Como podemos fazer isso no durante uma vida intrafísica?

1 – Desenvolvendo a Intelectualidade: Estudar assuntos variados, sobre diversos campos do saber que aumentem a compreensão sobre o universo e sobre nós mesmos. Fazer isso de forma sistemática e ininterrupta por toda a vida.

2 – Discernindo sobre suas manifestações: Resumidamente, deve-se analisar continuamente suas manifestações sob o ponto de vista multidimensional suas inter-relações com outras consciências, intra e extrafísicas, assim como com outros seres vivos (zoo e fitoconvivialidade); discriminar quais são seus pontos fracos (trafares), pontos fortes (trafores) e materpensene; usar instrumentos conscienciométricos para mensurar seu grau de maturidade quanto a esses aspectos; estabelecer metas evolutivas.

3 – Exercitar o controle de sua própria mente: Isso é feito pelo uso intensivo e focado da vontade. Uma das formas de fazer isso é praticando alguma forma de meditação a fim de controlar a produção e direcionamento dos próprios pensamentos.

4 – Praticando a Interasssistencialidade: A interassistência fraterna, desinteressada, tanto para com consciência intrafísicas quanto extrafísicas, de forma multidimensional é tarefa que demanda, para ser bem feita, o desenvolvimento dos três itens anteriores e denota, por si só, um nível evolutivo superior a média da humanidade terrestre que ainda gravita em torno da  competição e da sobrevivência.

5 – Libertando-se das imposições intrafísicas: Procurar entender e manter na mente que os valores que cultivamos na dimensão intrafísica, começando pelas próprias formas e aparências e culminando com as inter-relações conscienciais tais como as conhecemos são fruto das limitações de nossa capacidade perceptiva e que, portanto, existem inúmeros desdobramentos sobre tudo isso que se descortinarão na medida que evoluirmos.

6 – Ter como meta produzir projeções de mentalsoma: Ter projeções de mentalsoma puro ainda é algo muito raro em nosso planeta. Sabemos do impacto que tais experiências acarretam na consciência, logo, é de se presumir que venham a ajudar no processo de desenvolvimento do mentalsoma, talvez fazendo com que novas capacidades sejam estimuladas, talvez pelo simples estímulo de proporcionar o vislumbre de uma condição de será, no futuro, a condição normal da consciência.

Conclusão

Todas as pessoas estão, de uma forma ou de outra, desenvolvendo seu mentalsoma assim como seus demais veículos. Algumas pessoas fazem isso de forma mais intensa e outras preferem caminhar mais devagar. É uma opção e direito de cada um.

O que apresentei aqui é um caminho para acelerar o desenvolvimento do mentalsoma.

Uma coisa é certa. Não basta ter uma intelectualidade superdesenvolvida. É preciso que ela incorpore o parapsiquismo, a multidimensionalidade, senão, ficará muito limitada as manifestações intrafísicas, uma fração da realidade da consciência.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo: O Guia do Iniciante

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Como Desenvolver o Mentalsoma

  1. Excelente artigo que aponta para o nosso destino evolutivo que é desenvolver de forma integral. Uma questão para nossa reflexão: no ambiente intrafísico a consciência tem a oportunidade de passar por experimentações e provas que afetarão muito seu corpo emocional e mental. Tais experiências são determinantes para o progresso da consciência mesmo com as dificuldades impostas pelo corpo em condições intrafísicas desafiadoras e potenciais desencadeadores do desequilíbrio consciencial. Parece que tal desequilíbrio seria mais difícil se a consciência não ressomasse.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s