Rememoração das Experiências Projetivas

FA212

Memória: A memória é a capacidade de adquirir, armazenar e recuperar informações internamente, existentes no cérebro.

Degeneração: A capacidade de rememoração tende a degenerar-se com a idade, principalmente se a pessoa não exercitá-la regularmente. Isso ocorre devido à morte natural dos neurônios e ao desfazimento das conexões que formavam. O exercício de usar a memória transfere as informações armazenadas nos neurônios que morrem para outros, ainda vivos. Autópsias revelaram que certos portadores de Alzheimer eram assintomáticos.

Complexidade: A memória é tão complexa que sequer existe um consenso sobre quais seriam os diferentes tipos de memórias e como classifica-las corretamente. Incontáveis fatores, tais como a forma como se ordenam as redes neuronais e quais substâncias estão presentes ou não, em maior ou menor quantidade no cérebro determinam como a memória vai funcionar.

Automatismo: Processos automáticos no cérebro determinam quais memórias serão ou não preservadas e quais. Substâncias como a ß-endorfina modulam o processo de esquecimento ao passo que a serotonina modula o processo da consolidação da memória de longo prazo. Hoje, sabe-se que o esquecimento é fundamental para o equilíbrio da consciência no corpo físico.

Fato: As Experiências Fora do Corpo – EFCs – são facilmente esquecidas e, muitas vezes, sequer rememoradas. É comum o projetor, durante uma EFC, lembra-se de outras experiências projetivas que teve e que não estavam registradas na memória física.

Holomemória: A holomemória é a memória integral de todas as nossas vidas. Ela fica registrada no paracerebro do psicossoma e, em última instância, na própria consciência.

Retrovidas: As lembranças de vidas passadas não estão registradas no cérebro físico, pois esse surgiu com o soma atual. Essas lembranças quando surgem, emergem do paracérebro.

Paracérebro: O paracérebro é o receptáculo da consciência no psicossoma. Mais complexo que o cérebro físico, ainda aguarda pelas pesquisas iniciais que vão descortinar um horizonte muito maior para exploração das potencialidades humanas. No paracérebro ficam registradas as memórias de retrovidas e das EFCs da existência intrafísica atual.

Transposição: A rememoração da EFC necessita que a lembrança dos eventos seja transposta dos paraneurônios para os neurônios. Isso pode acontecer parcialmente e, mais raramente, de forma integral. O mais comum é que não ocorra transposição alguma, motivo pelo qual, a maioria das EFCs não é rememorada.

Fatores: Conforme Waldo Vieira em seu livro Projeções da Consciência, os fatores mais poderosos para impedir a rememoração dos eventos extrafísicos ocorridos durante uma projeção consciente são:

  • As observações dispares do projetor na dimensão extrafísica
  • Os percursos diversos cobertos pela projeção consciente
  • A manutenção do equilíbrio do psicossoma livre e em trânsito
  • A recuperação da debilidade do corpo biológico ocorrida durante a projeção consciência
  • O impacto da volta do cérebro encerrado no crânio sobre o banco de memória.

Vieira conclui alertando que além desses fatores deve haver uma boa circulação cortical.

Tipos: A rememoração dos eventos extrafísicos ocorridos durante uma projeção consciente pode ocorrer:

  • De súbito
  • Em bloco
  • Em fragmentos

Técnicas: A melhor técnica para possibilitar a transposição das lembranças dos eventos vivenciados durante uma EFC para o cérebro físico é ficar totalmente imóvel ao despertar. Nessa condição, procura-se então repassar na mente quais foram os eventos vivenciados. Ao mover o corpo, ocorre a total recoincidência do paracérebro e as lembranças desvanecem.

Outra técnica que pode ser empregada para auxiliar a rememoração é mobilizar as energias conscienciais na região da cabeça, por exemplo, circulando-as do fronto-chacra para o coronochacra e/ou vice-versa.

Registro Posterior: O registro da EFC por escrito é fundamental para, mais tarde, poder ter acesso aos detalhes da experiência de modo a analisar e realizar os eventos sucedidos buscando suas causas e implicações. Mesmo rememorando a EFC, a tendência, com o tempo, é que muitas coisas vivenciadas nessa condição sejam esquecidas.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo: O Guia do Iniciante

www.metaconsciencia.com

www.estadovibracional.com

Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s