Projeções Pré-Cognitivas

As projeções pré-cognitivas são aquelas onde o projetor, de alguma forma, adquire conhecimentos sobre eventos que ocorrerão no futuro próximo ou distante.

Por que de alguma forma? Existem várias maneiras de adquirir-se esses conhecimentos. Por exemplo, o projetor pode, ele mesmo, perceber eventos que ocorrerão no futuro ou outra consciência (um espírito) pode facultar de várias maneiras os meios para que ele receba essa informação.

Qualquer projetor que passe por um certo número de experiências projetivas acaba tendo projeções pré-cognitivas. Isso já se passou comigo inúmeras vezes. Em outubro, quando estava de férias na Europa, tive duas experiências assim.

A primeira delas foi no dia 21 de outubro e referia-se a vida de uma única pessoa, um colega de trabalho. Preocupado com o que percebera, enviei-lhe no dia seguinte um e-mail alertando-o sobre alguns cuidados que deveria tomar com relação a sua segurança física. Felizmente já haviamos conversado várias vezes sobre esse tipo de assuntos (EFCs) de tal forma que eu tinha como alertá-lo sem que ele achasse que eu estava maluco.

A segunda experiência foi no dia 26 de outubro e referia-se a uma coletividade, mais especificamente a um pais europeu que acabara de visitar. Em algum momento do futuro, esse país estava dividindo-se em três novos países, sendo que um deles, por algum motivo que não apreendi, estava convidando-me para morar e trabalhar em seu território. Supreendido com o convite, começei de imediato a fazer planos sobre quanto tempo passaria lá assim outros detalhes sobre minha mudança do Brasil para esse novo país…

Vamos então tecer algumas considerações sobre essas duas experiências. O que fazer com essas informações? Podemos mudar algo que está para acontecer? As vezes sim. Quando a informação que recebemos refere-se a uma ou a umas poucas pessoas, nossas chances de interferir nos acontecimentos são reais. As vezes a projeção pré-cognitiva pode ter exatamente esse objetivo. Então, se for possível, devemos usar a informação para ajudar, prevenir os envolvidos, caso venhamos a conhecê-los. Quando a informação refere-se a uma coletividade, geralmente nossas possibilidades de intervenção são nulas ou praticamente nulas. Quanto maior for o número de pessoas atingidas, menor é a possibilidade de fazer algo para mudar os acontecimentos que virão.

No momento não posso entrar em detalhes sobre os desdobramentos da primeira experiência. Com relação a segunda, posso fazer alguns questionamentos. Será correta essa informação? Quem pode garantir isso? Ninguém pode. Pode ter havido, da minha parte, um erro na captação da informação ou pode ter havido um erro na origem da informação. A dimensão extrafísica é como um grande Internet: obtem-se ali todo o tipo de informação – boas e más, corretas e incorretas. Existem muitas consciências que propagam informações distorcidas ou simplesmente inventadas com os mais diversos propósitivos, algumas vezes maquiavélicos.

Por exemplo, um conhecido contou-me no início do ano que uma consciência extrafísica advertiu-o que inúmeros terremotos e tsunamis ocorreriam ao longo dos próximos anos ceifando a vida de muitas pessoas. Ora, terremotos acontecem todos os anos com vítimas em inúmeros países e quanto a tsunamis, ocorreram pelo menos dois muito grandes nos últimos anos com consequências dramáticas. Então qual é a novidade nisso? Que “revelação” é essa? Lembra aqueles místicos que o programa Fantástico antigamente mostrava na passagem do ano. As “previsões” eram sempre as mesmas: “O Brasíl será campeão no futebol”, “A situação econômica terá momentos difíceis mas haverá melhoria em alguns setores”; “Um famoso artista brasileiro vai falecer”; “Haverá um acidente em que morrerão muitas pessoas”. Havia até uma “supervidente” que sumiu do mapa quando garantiu que Guilherme Afif Domingos seria eleito presidente da república. Era tanta baboseira que a emissora acabou cortanto esse tipo de quadro de final de ano.

Concluindo, o projetor lúcido deve, portanto, tomar todo o cuidado com as informações que obtém no extrafísico, particularmente com relação a possíveis eventos futuros.

Para saber mais – Livros:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Projeções Pré-Cognitivas

  1. Olá! Ha uns anos largos tive uma Experiencia Fora do Corpo, e desde ai, tenho tido mtas projecçoes astrais, e ruidos constantes, q afectam a minha vida pessoal e professional… Será porque tive esta viagem astral ( qdo me apercebi assustei-me e a experiencia parou) ? ha possibilidade de o meu corpo astral nao ter voltado para dentro de mim, mas esta vagueando, que eu ouço estes ruidos e vozes? gostaria de saber o q pensa sobre isso, dado q o meu conhecimento nesta area é reduzido…

    • Olá

      Você não mencionou sua idade e quando as EFCs começaram. É comum, a partir de um certo momento da vida de uma pessoa, seja devido ao amadurecimento físico e/ou psicológico ou ainda devido a mudança do ambiente em que ela habita ou a outros fatores mesológicos, que comecem a ocorrer EFCs com certa frequência. Não existe esse negócio de “o meu corpo astral não voltar para dentro de mim”. Quem se projeta é a consciência. O corpo astral, assim como o corpo físico é um veículo de manifestação. Quando a consciência sai do corpo físico, leva consigo seu corpo astral e quando ela volta ao corpo físico traz ele de volta inteirinho. Para ser preciso, o que pode ficar pelo astral é uma parcela do energossoma (também chamado de duplo etérico) que é mais um campo de energia extrafísica do que um corpo. Mas ao retornar ao corpo, a parcela de energossoma eventualmente deixada em algum lugar acaba sendo reposta por meio da alimentação, da respiração, etc. Se você hoje ouve ruidos e vozes, isso deve ser devido a eclosão do seu parapsiquismo que, como um todo, envolve EFCs, clariaudiência, ectoplasmia (a produção de efeitos físicos como sons ao seu redor) e talvez até outros fenômenos que você nem percebeu. Essa eclosão de vários fenômenos parapsíquicos simultâneamente também é relativamente comum. Posso afirmar, inclusive, que não foram suas EFCs que causaram os sons e vozes que você ouve. As EFCs e os sons surgiram juntos e tem uma causa comum que é o seu parapsiquismo, algo que é inerente ao seu corpo físico e seus corpos astrais. Ele está implantado em sua estrutura genética e paragenética, fisiológia e parafisiológica. Recomendo a você estudar com afinco o assunto por meio de bons livros que existem no mercado (muitos estão na Internet gratuitamente) a fim de compreender como esses fenômenos ocorrem e como controlá-los (e não ser controlado por eles). Aprender tudo acerca de bioenergias e como controlá-las vai te ajudar muito. Será útil também obter orientação junto a pessoas que entendam bem sobre o assunto. Dispense os místicos e religiosos e privilegie o estudo e a objetividade.

      Então é isso. Espero ter sido claro. Senão, esteja a vontade para perguntar mais.

      Um abraço

      Cesar Machado

      • Olá! Obrigada pelo seu esclarecimento. Fiquei mto grata com a sua resposta… pode-me recomendar algum dos livros para eu poder ler sobre o assunto? se estiverem na net melhor… Eu sinto-me um bocado perdida no meio de isto tudo, sem ninguem a quem recorrer, e tentando explicar as coisas á minha maneira, o q pelos vistos esta errado, uma vez q eu recorro á relegiao e misticismos como disse, e bem… gostaria de ter uma perspectiva diferente e mais lucida, e explorar esta area, pode ser q me ajude…

        respeitosamente, Sonia

      • Olá Sonia

        Vamos fazer o seguinte…sugiro você começar lendo o livro “Projeções da Consciência” de Waldo Vieira que você pode encontrar na Intenet digitando no Google o nome do livro e a palavra Download ou comprando um exemplar impresso baratinho num sebo virtual na Internet, consultando http://www.estantevirtual.com.br. Sugiro compraruma edição antiga, das primeiras, pois as versões mais atuais ~foram reeditadas com o jargão da conscienciologia e exigem um esforço maior para ler e entender o que está escrito. Esse livro é considerado um dos melhores do gênero, sobre EFCs. Sobre todos os outros assuntos, sugiro que você leia toda a obra básica de André Luiz, psicografada por Chico Xavier. São uns 14 ou 15 livros. Você encontra todos ou quase todos para donwload na Internet consultando o Google. Essas obras são muito abrangentes e esclarecedoras sobre uma série de fenômenos parapsiquicos. Para começar está de bom tamanho. Vou preparar um post para publicar nos próximos 30 dias com uma relação mais completa de livros fundamentais para o estudo do parapsiquismo. Fique atenta, portanto. No mais, se tiver mais alguma dúvida, escreva.

        Abraço

        Cesar Machado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s