EFC – Experiência Fora do Corpo

FC26052016

EFC – Experiência Fora do Corpo

Autor: Cesar de Souza Machado  Reprodução: Veja licenciamento abaixo.

Definição: A Experiência Fora do Corpo ou EFC é um fenômeno parapsíquico que consiste na descoincidência dos veículos de manifestação da consciência humana ocorrida de modo voluntário ou não, caracterizada, em termos físicos, como um estado diferenciado de consciência.

Origem: O termo Experiência Fora do Corpo provém da tradução de outro termo, da língua inglesa, Out-of-Body Experience ou OBE, criado pelo psicólogo e parapsicólogo americano Charles T. Tart (1937-/) na década de 1960 para designar o fenômeno projetivo em lugar de astral projection e astral travel, considerados místicos. O termo OBE tornou-se popular no âmbito da parapsicologia e surgiu na língua portuguesa na década de 1970.

Etimologia: A palavra experiência provém do Latim experientia que significa prova; ensaio; tentativa; prática; destreza; habilidade. A palavra fora procede do Latim foras que significa longe de; para fora de. A palavra corpo procede do Latim corporalis que significa relativo ao corpo; corporal.

Sinonimologia: Arrebatamento (igrejas cristãs); desdobramento (espíritas brasileiros); keshara (do idioma Sânscrito, empregado pelos hindus); OBE: Out-of-Body Experience (termo comum na parapsicologia e na língua inglesa); projeção astral (o termo mais popular na Internet); projeção da consciência (Projeciologia); sonho lúcido (psicologia, psiquiatria e neurologia); viagem astral (meio esotérico).

Taxologia: A taxologia básica da EFC inclui os seguintes aspectos.

  • Indução: espontânea, autoinduzida ou heteroinduzida;
  • Grau de lucidez: inconsciente, semiconsciente ou consciente (variando nesse caso de 20 a 100%);
  • Rememoração: integralmente rememorada, parcialmente rememorada e não rememorada;
  • Veículo extrafisico predominante: psicossoma (mais comum) ou mentalsoma;
  • Completude: parcial (apenas uma parte de um veículo extrafísico) ou completa;
  • Alcance: restrita, geograficamente irrestrita e exoprojeção (se estendendo até outros planetas);
  • Duração: curtíssima (segundos), curta, média ou longa duração (horas)
  • Frequência: rara, periódica ou rotineira.

Experimentologia: A EFC pode ser induzida pelo próprio projetor por meio de centenas de técnicas projetivas disponíveis que se agrupam em três grandes modalidades:

  • Técnicas psicológicas (exemplos: autoprogramação, visualização)
  • Técnicas fisiológicas (exemplos: autorelaxamento, postura projetiva)
  • Técnicas bioenergéticas (exemplos: estado vibracional, exteriorização de energias)

Acabativa: A EFC é um fenômeno parafisiológico e universal pelo qual pode passar qualquer ser vivo, em conformidade com a evolução holossomática que adquiriu. É uma experiência pela qual pode passar qualquer tipo de pessoa: crianças, adultos e idosos; pessoas saudáveis e doentes; portadores de elevados princípios morais e pessoas imorais; operários, técnicos, cientistas, militares e políticos; cristãos, muçulmanos, budistas, hinduístas, taoístas e ateus.

Você já teve pelo menos uma EFC Lúcida? Que tal participar da Pesquisa Online sobre EFCs?

Acesse a pesquisa nesse link.

Para saber mais:

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s